Investigações Geotécnicas Sondasul Engenharia Geotécnica

Investigações Geotécnicas

Investigações Geotécnicas

Sondagem a Trado

Método de investigação de solos em que a perfuração utiliza como instrumento o trado, um tipo de amostrador de solo constituído por lâminas cortantes, que podem ser compostas por duas peças, de forma convexa (trado concha) ou única, de forma helicoidal.

A sondagem deve ser iniciada com o trado concha e seu avanço feito até:
- quando atingir a profundidade especificada na programação dos serviços;
- quando ocorrerem desmoronamentos sucessivos da parte do furo;
- quando o avanço do trado for inferior a 5 cm em 10 min de operação contínua de perfuração.

Por meio de sua execução pode-se obter o nível d’água (NA) e coletar-se amostras para ensaios geotécnicos, bem como para estudos geológicos.
Sondagem a Trado
 

Sondagem a Percussão

O Standard Penetration Test (SPT) é um método internacional muito divulgado de ensaio de penetração por percussão, através do qual determina-se o índice de resistência à penetração (N), conforme NBR 6484.

O procedimento para execução desde ensaio, consiste em perfurar utilizando-se trado até encontrar o nível d’água ou material que dificulte tal procedimento. Seguindo com a perfuração através do método de circulação de água (lavagem), medindo-se a cada metro, o número de golpes de um peso de 65 Kg, que cai em queda livre de 75 cm de altura, para cravar 15 cm do amostrador, nas camadas atravessadas. Procede-se desta forma, até que o amostrador penetre 45 cm de profundidade. Desta forma, pode-se determinar a compacidade e a consistência das camadas ensaiadas.
Sondagem a Percussão

Sondagem Rotativa

É um método de investigação que consiste no uso de um conjunto motomecanizado projetado para a obtenção de amostras de materiais rochosos, contínuas e com formato cilíndrico, através de ação perfurante dada basicamente por forças de penetração e rotação que, conjugadas, atuam com poder cortante. A amostra de rocha obtida é chamada de testemunho, e pode ser de diversos diâmetros, a ser definido em função da utilização (tipo da obra).

A obtenção de amostras de testemunhos de sondagens rotativas visa não apenas a identificação da litologia e estruturas geológicas, mas também a identificação das características geotécnicas dos materiais e das descontinuidades.

A Sondagem Mista (SM) é a conjugação do processo a percussão e rotativo. Quando os processos manuais forem incapazes de perfurar solos de alta resistência, matacões ou blocos de natureza rochosa, usa-se o processo rotativo para complementar a investigação. 
Sondagem Rotativa

Poço e Trincheira de Inspeção

  PI é uma escavação vertical, se seção circular ou quadrada, com dimensões mínimas suficientes para permitir o acesso de um observador, objetivando a inspeção visual das paredes e fundo, bem como a retirada de amostras representativas, deformadas e indeformadas.

TI é uma escavação geralmente vertical, ao longo de uma determinada linha ou seção de modo a se obter uma exposição contínua do terreno, com dimensões variáveis, sendo as mínimas suficientes para permitir o acesso de um observador, visando a inspeção das paredes e fundo, e retirada de amostras representativas, deformadas e indeformadas.
Poço e trincheira de Inspeção

Coleta de Amostras

 Amostra Deformada: Extraída por raspagem ou escavação, implicando na destruição da estrutura e na alteração das condições de compacidade ou consistência naturais.

Amostra Indeformada: Extraída com o mínimo de perturbação, procurando manter a estrutura e condições de umidade e compacidade ou consistência naturais.
Coleta de Amostras

 Instrumentação Geotécnica

Os principais tipos de instrumentos empregados na monitoração são: Piezômetros, Indicadores de Nível d'Água, e os Medidores de Deslocamento.

Piezômetros (PZ):
- De Corda Vibrante (PECV): Desenvolvido na França nos anos 30. Reabilitado com o advento da eletrônica, é um dos mais empregados nos anos 90. Utilizam o princípio que está presente em qualquer instrumento de corda, ou seja, a freqüência de vibração depende da tensão aplicada na corda.

- Casagrange: Desenvolvido nos EUA nos anos 40. Mais simples e mais confiáveis, sendo portanto muito utilizados.

O piezômetro Casagrande é composto de um tubo vertical ligado a uma ponta porosa por onde a água pode livremente entrar ou sair. Mede-se a poropressão através da altura de coluna d’água no tubo. 

Indicador de Nível d'Água (INA):
É uma variação do piezômetro de Casagrande. Tem o mesmo princípio de funcionamento, mas com um bulbo de maior comprimento, situado na região de variação do nível d’água (NA).

Medidor de Deslocamento:
- Inclinômetro: É um instrumento que serve para medir deslocamentos horizontais dentro do terreno. Permite localizar a profundidade da superfície de ruptura e saber, com várias leituras versus tempo, como estão progredindo os movimentos de uma encosta.

- Marco Topográfico Superficial: utilizado para medir deslocamentos na superfície do terreno.

Instrumentação Geotécnica

Ensaios em Situ 

Ensaio de Permeabilidade em Solo:
Genericamente conhecido por Ensaio de Infiltração, tem por finalidade a determinação do coeficiente de permeabilidade do solo.

Consiste na medida da vazão, representada pelo volume d’água absorvido ou retirado, durante um intervalo de tempo, em função da aplicação de diferenciais de pressão induzida por colunas d’água, resultante da injeção ou da retirada de água do furo.

Juntamente com o Ensaio de Perda d'Água sob Pressão (aplicável em sondagens rotativas), constitui o conjunto de ensaios de permeabilidade executados em furos de sondagens, mais comumente utilizado no campo para a caracterização hidrogeotécnica dos terrenos naturais.

Ensaio de Permeabilidade em Rocha:
Conhecido por Ensaio de Perda d'Água sob Pressão (EPA), realizado em maciços rochosos através de furos de sondagens, visa a determinação da permeabilidade e do comportamento desses maciços frente à percolação d’água através de suas fissuras. 
 
Ensaios in Situ

Ensaios Laboratoriais

- Ensaios Laboratoriais
- Ensaios Geofísicos 
Ensaios Laboratoriais

Ligue ou nos Contate

Atendemos a todo o Brasil
Curitiba
Paraná
(41) 3222-6386
Florianópolis
Santa Catarina
(0800) 580-0359
Porto Alegre
Santa Catarina
(0800) 580-0359
São Paulo
São Paulo
(0800) 580-0359
Rio de Janeiro
Rio de Janeiro
(0800) 580-0359
Campinas
São Paulo
(0800) 580-0359
Outras Localidades

(0800) 580-0359